Curve

Como se desenvolvem os problemas de bexiga?  

É sempre importante procurar aconselhamento junto de um médico especialista para descobrir a causa do seu problema de bexiga. O tratamento poderá então ser adaptado à causa específica do problema de bexiga. 

Existem muitas causas possíveis de problemas de bexiga que podem ter relação direta ou indireta com certas condições médicas. Por isso, deverá consultar o seu médico/a para que ele/ela possa formar uma ideia global da sua condição. 

Nos problemas de bexiga, é geralmente estabelecida a diferença entre a incontinência urinária e a retenção de urina

Incontinência urinária

Existem vários tipos de incontinência urinária, com diferentes sintomas e causas.

Incontinência urinária relacionada com o stress 

Esta forma de incontinência ocorre quando os músculos do pavimento pélvico estão demasiado fracos para manter fechados os músculos do esfíncter, quando sob pressão súbita e aumentada (stress), resultando na perda involuntária de urina durante as atividades diárias, por exemplo, ao espirrar, tossir, rir ou fazer exercício.

Incontinência de urgência

Designada também por bexiga instável ou hiperativa, é causada por contrações involuntárias e descontroladas do músculo da bexiga, dando origem a uma súbita vontade de ir à casa de banho. Tal significa, por vezes, que há alguma perda involuntária de urina antes de conseguir chegar à casa de banho..

Incontinência urinária mista

Trata-se de uma combinação entre incontinência urinária relacionada com stress e incontinência de urgência.

Incontinência por regurgitação

Consiste na perda regular ou contínua de gotas de urina devido ao esvaziamento insuficiente da bexiga. Esta forma de incontinência geralmente ocorre em pessoas que têm uma bexiga danificada, uma uretra obstruída ou uma lesão/condição neurológica. Com a incontinência por regurgitação, terá a sensação de que não consegue esvaziar totalmente a bexiga. Quando tenta ir à casa de banho, geralmente produz pouca urina.

Retenção urinária

A retenção urinária pode ser causada por uma obstrução no trato urinário, um músculo da bexiga fraco, ou uma condição neurogénica, tal como a esclerose múltipla, paraplegia ou espinha bífida. Em todas estas condições, os sinais entre o cérebro e a bexiga são afetados, o que leva ao mau funcionamento do trato urinário, dando origem a problemas de bexiga

Resíduo urinário pós-miccional

Caso a sua bexiga não tenha sido esvaziada de forma completa e adequada, existe o risco de a urina remanescente na bexiga poder originar infeções. Esse é o chamado resíduo urinário pós-miccional. Se a urina residual não for regularmente removida da bexiga, tal pode dar origem a complicações irritantes, graves e dolorosas, tais como infeções do trato urinário. É importante que procure ajuda se tiver estes sintomas. 

É possível evitar a incontinência ou a retenção urinária?

Dependendo do seu problema de bexiga em particular, existem alguns métodos que poderão ajudar na prevenção da perda involuntária de urina. Um especialista será capaz de examinar e tratar o seu problema de bexiga. Assim, a autocateterização poderá ser uma opção de tratamento adequada para si.  

Porquê a utilização de cateteres?

Os cateteres contribuem bastante para uma melhor qualidade de vida, caso sofra de incontinência urinária ou retenção urinária. Os cateteres Curan são soluções confortáveis, higiénicas, indolores e livres de complicações para resolver tais problemas. Colaboramos juntamente com distribuidores exclusivos, utilizadores finais, profissionais, fornecedores e parceiros estratégicos para fornecer uma gama equilibrada de produtos. Tal deu origem a uma gama de cateteres com as seguintes vantagens:

  • Feitos de acordo com os desejos de utilizadores e profissionais
  • Com base em anos de conhecimento e experiência
  • Testes exaustivos significam que é seguro e confiável
  • Utilização confortável
  • Isento de agentes amaciadores agressivos

Vamos contar-lhe mais sobre a forma como os cateteres podem melhorar a sua qualidade de vida. 

 

Para: todas as questões